Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Carta-compromisso

PO dará atenção especial às causas femininas

Publicado

Foto/Imagem:
Pretta Abreu , Edição- Foto Divulgação

O empresário Paulo Octávio recebeu nesta segunda-feira (5), as representantes de Brasília do Grupo Mulheres do Brasil (GMB), que tem como objetivo aumentar a representatividade feminina na política e na sociedade como um todo. Ele foi o primeiro candidato ao GDF a assinar, de forma voluntária, a carta de compromisso governamental trazida pelo grupo, presidido no DF pela empresária Janete Vaz. Ao lado dos candidatos e candidatas do PSD, ele prometeu tratar como fundamentais as causas e pautas do GMB.

Em seu grupo de empresas, a força de trabalho é majoritariamente feminina. No segmento de Arquitetura, além da diretora, 95% das profissionais são mulheres, assim como todas as gerentes de marketing dos shoppings e a superintendente-geral Eliza Ferreira, do JK Shopping. Na contabilidade, elas são 60% das profissionais da área. E nas obras, na área de acabamento, as mulheres também dominam.

“Uma das minhas maiores metas é a geração de empregos. Lamentavelmente, essa chaga social (o desemprego) hoje atinge principalmente mulheres. Precisamos de parceria e projetos que façam com que elas recuperem seus postos de trabalho e nosso partido está empenhado em ombrear-se cada vez mais ao lado da mulher em toda a sociedade”, ressaltou Paulo Octávio. “Exemplo disso é a candidatura (a deputada distrital) de Deborah Carvalhido”, afirmou.

Presente ao encontro, Deborah Carvalhido (PSD) falou da importância da reunião. “Foi gratificante testemunhar esse momento histórico para a política do DF. Um verdadeiro orgulho ter o meu candidato ao governo como o primeiro a assinar a carta de compromisso do Grupo Mulheres do Brasil”, destacou.

Parceria com a UnB
Também pela manhã, Paulo Octávio participou de entrevista na rádio e televisão universitária da Universidade de Brasília, a UnBTV. Ele falou de educação e melhorias no ensino da capital federal. “Como ex-aluno, fico feliz de voltar aqui. O acesso à UnB é um sonho de qualquer estudante, e eu já vivi esse momento”, disse. Segundo ele, a UnB precisa se aproximar da sociedade. “Nunca fui convidado para eventos aqui, mesmo sendo ex-aluno. Falta essa integração com as comunidades e a UnB, infelizmente, fica muito distante de nós”, ressaltou.

PO também falou da importância da educação integral, que é item fundamental de seu plano de metas. “Pelo menos metade das escolas deve oferecer ensino integral. Também é fundamental valorizar o professor e investir nas creches, para preparar as crianças para o futuro”, detalhou. Outro ponto abordado foi o combate ao analfabetismo. “Na minha vida profissional, consegui alfabetizar 2 mil empregados. Sou um grande defensor da alfabetização para todos. E os recursos existem”, afirmou.

Atual presidente do PSD e candidato ao GDF, Paulo Octávio encerrou sua participação pontuando que, em seu governo, vai se aproximar mais da universidade. “Está faltando uma TV aberta para a UnB. Precisamos melhorar a comunicação e passar conhecimentos para a sociedade. E isso só virá com uma sinergia maior entre GDF e UnB”, concluiu.

Publicidade
Publicidade