Dutch  English  French  German  Italian  Portuguese  Russian  Spanish

2022

Porsche 911 híbrido pode até demorar um pouco, mas vai chegar

Foto/Divulgação
Mário Camargo, Edição

A Porsche confirmou que a nova geração do 911 terá uma versão híbrida. A novidade, no entanto, deve demorar ainda para aparecer. O primeiro 911 híbrido deverá ser lançado somente a partir de 2022, quatro anos após o lançamento do novo carro.

De acordo com informações do portal inglês Auto Express, a nova geração do esportivo já foi pensada numa possível eletrificação. No entanto, diferentemente dos Panamera e Cayenne híbridos, o 911 usará a eletricidade para dar mais desempenho ao modelo.

O 911 deverá ter um sistema de recuperação de energia usando gases do escapamento e um eixo dianteiro elétrico. A solução dará ao esportivo tração integral com economia de combustível. As baterias serão de íons de lítio, só que mais modernas.

Um dos motivos para a demora é que a Porsche ainda não acredita na qualidade das baterias atuais. Por isso, a marca deve esperar que as unidades fiquem mais poderosas num futuro próximo. Há, alias, a possibilidade de que nem mesmo em 2022 o 911 híbrido apareça.

Segundo o chefão do projeto do 911, August Achleitner, a decisão de hibridizar o esportivo veio após o início dos testes com o Taycan, totalmente elétrico. Em todo caso, a marca não está pronta para lançar um 911 elétrico ou híbrido ainda.

COMPARTILHE