Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Eleição na OAB

Pressão para tirar apoio a Délio vira tiro no pé

Publicado

Foto/Imagem:
Pontes de Miranda Neto II - Foto de Arquivo

Notibras recebeu de um ilustre advogado nesta terça, 16, comentário acerca da nota de apoio da Associação da Advocacia perante o TJDFT (AATJDFT) à reeleição de Délio Lins e Silva Jr para mais um mandato à frete da OAB-DF. Ele enfatiza, com bastante lógica, que essa iniciativa incomodou os adversários do presidente licenciado (em função da disputa eleitoral) e franco favorito contra outros quatro adversários.

As observações desse advogado, que mereceram alguns adendos deste escriba, mesclados ao texto, são de que alguns adversários passaram a pressionar os signatários do manifesto pró-Délio e Lenda, para que retirassem o apoio. Até o momento em que se escrevem estas linhas, a iniciativa não teve muito sucesso, por terem conseguido a exclusão de apenas um entre dezenas de nomes.

O ausente, lembra esse advogado, é o doutor Daniel Gondar, pessoa ligada ao não menos ativo e brilhante advogado Fernando Rocha. Recorde-se, a propósito, que doutor Fernando, primeiro titular deste espaço, compõe hoje uma chapa na litigiosa eleição para a subseção da OAB em Águas Lindas, no vizinho Goiás.

Ao tornar pública a decisão de desautorizar seu nome na lista pró-Délio-Lenda, doutor Gondar indica que seu apoio é para a chapa dos também renomados advogados  Renata e Aldemario (ele, ex-secretário de Ibaneis Rocha no Governo do Distrito Federal).

A conclusão, ao que se observa, é inquestionável: a chapa da ex-candidata Alinne Marques, ao ser implodida, virou um tiro no pé da candidata Thaís Riedel, que levou Alinne mas não teve como conquistar os apoiadores da nova aliada. Estima-se em 70% o percentual de apoiadores da velha chapa que migraram para o lado de Délio e Lenda. O restante ficou diluído no apoio a Renata, Pertence e Guilherme.

Em resumo, ficou claro que , firmes no propósito de uma OAB mais forte e com a menor anuidade do Brasil, a AATJDFT ratifica o apoio a Délio e Lenda, e propõe melhorias para o próximo triênio. A luta contra o racismo estrutural na advocacia é uma das bandeiras levadas pela Associação para a chapa que concorre à reeleição.

Publicidade
Publicidade