Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Primeiro Mundo ironiza o Brasil da Copa. Fuleco, o mascote, vira ânus

Publicado

Foto/Imagem:


O Brasil está na ‘boca do mundo’. E não é para menos. Afinal, em poucos dias começa a desembarcar por aqui gente de toda origem, para fazer valer sua paixão pelo futebol.  É aí que surgem os pontos negativos – e eventualmente, mesmo porque raros, os positivos.

O que se diz lá fora é de fazer rir. Porque além de samba, carnaval e futebol, que normalmente caracterizam o Brasil, os problemas de organização do Mundial, violência e preocupação com doenças são principais assuntos da imprensa estrangeira.

Os exemplos são muitos, listados pelo Terra e transcritos a seguir:

Um mascote fedorento – O Jornal alemão Die Welt se equivocou e disse que o mascote da Copa, Fuleco, significava “ânus” na “linguagem popular do Brasil”. A notícia virou piada na internet

Pelada com armas – O site da TV árabe Al Jazeera fez uma matéria sobre um torneio amador na favela Vila Aliança, com traficantes jogando com armas nas costas

País dos atrasos – O jornal italiano Corriere della Sera deu ao Brasil o título mundial de atrasos pela demora nas obras para a Copa do Mundo

O dedinho da Fifa – A federação internacional deu vários puxões de orelha no Brasil, e fez um alerta para os turistas que vem ao país-sede do Mundial: “não é a Alemanha”

Os hermanos – Os vizinhos sul-americanos, a exemplo dos uruguaios, recomendam aos cidadãos vacina, água engarrafada e sexo seguro

Fantasma da  polio – A Colômbia também recomenda que adultos que vierem ao Brasil se vacinem contra poliomielite

País violento – O jornal Daily Mail apontou que os ingleses estão apavorados com a qualidade de segurança oferecida na Copa

Temor chucrute – O governo alemão teme por segurança e greve de PM em Salvador, sede da seleção
A vez da vacina – A Organização Mundial da Saúde alerta torcedores estrangeiros a se vacinarem contra rubéola e sarampo

Lembrando Ana Maria – O jornal inglês Daily Mail recomenda uso de biquínis pequenos para as mulheres se adaptarem ao Brasil

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade