Dutch  English  French  German  Italian  Portuguese  Russian  Spanish

Super-esportivo

Projetistas pedem que Audi coloque o PB18 e-tron em circulação

Foto/Divulgação
Mário Camargo, Edição

É raro na indústria designers virem a público falar que estão pressionando a diretoria de uma marca para produzir um carro. Mas foi isso que chefe de designer da Audi, Andreas Mindt, fez no Salão de Los Angeles. Ele revelou que a equipe de design do PB18 e-tron está pressionando para que ele chegue ao mercado.

No entanto, desenvolver um carro com tal configuração seria extremamente caro para a Audi. Particularmente porque a produção do veículo seria extremamente limitada. Além disso, seria virtualmente impossível para a Audi comercializar seu interior original. O banco do motorista do PB18 se desloca perfeitamente do lado esquerdo do veículo para o centro.

Este não seria o único desafio. Além disso, Mindt disse que os engenheiros teriam que desenvolver sistemas de refrigeração adequados. Um forte poder elétrico assim aqueceria muito. O conceito utiliza três motores elétricos.

Um dos motores foi montado dentro do eixo dianteiro e entregou 201 cv, enquanto dois foram posicionados em cada roda do do eixo traseiro, produzindo 234 cv cada, em um total de 671 cv.

A Audi informou que esta configuração permitiria um tempo de cerca de dois segundos para tingor os 100 km/h, com velocidade máxima superior a 300 km/h.

Além desses desafios, há o simples fato de que o PB18 e-tron foi projetado para usar baterias de estado sólido com capacidade de 95 kWh. Embora essa bateria venha a estar disponível no futuro, a tecnologia ainda não está pronta para produção, mesmo que limitada.

COMPARTILHE