Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Obrigado, Arlete

Projeto leva arte, dança e capoeira do 6 aos 60

Publicado

Foto/Imagem:
Catarina Lima/Via Agência Brasília - Foto Divulgação

Prossegue até maio a segunda etapa do projeto Ciranda Cultural, da Casa de Cultura Telar. Esta fase conta com recursos de R$ 400 mil, originários de emenda parlamentar da deputada Arlete Sampaio (PT)

São oferecidas oficinas gratuitas de capoeira, maculelê, danças, percussão, contação de histórias e artesanato. As atividades contemplam as regiões administrativas do Plano Piloto, Sobradinho e Sobradinho II, Taguatinga, Estrutural, Planaltina e Ceilândia.

As oficinas começaram em agosto de 2022, mas são aceitas inscrições durante todo o período de duração dos cursos. “Como as oficinas são feitas em locais abertos ou em grandes espaços ou locais abertos, não há limite de participação”, explica a responsável pelo projeto, Camila Palatucci. As turmas, cada uma com 20 alunos, reúnem aprendizes de seis a 60 anos.

“O objetivo dos cursos é melhorar a autoestima das pessoas. A maior parte do público é de crianças. Nesta edição tivemos dificuldade em alcançar os jovens. Estamos pensando em uma forma para alcançá-los na próxima etapa”.

A iniciativa tem como fundamento criar alternativas de lazer e atividade física para as pessoas de comunidades em situação de vulnerabilidade social. Os interessados em participar do Ciranda Cultural podem fazer a inscrição nos próprios locais onde são ministradas as aulas. Informações podem ser obtidas pelo telefone (61) 98181-8113 ou pelo Instagram @casadeculturatelar.

Publicidade
Publicidade