Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Bizu

Propina no 4º andar deixa o Planalto em alvoroço

Pretta Abreu

Uma rebelião silenciosa iniciada no quarto andar do Palácio do Planalto atravessou a rua e começou a ecoar nos corredores do Congresso Nacional. A pólvora que ameaça explodir paredes, vidraças e a cadeira do secretário de Articulação Política foi espalhada quando o vice-líder governista Victor Hugo (PSL, o mesmo de Jair Bolsonaro) indicou um seu apadrinhado para a função. A primeira ordem foi exonerar toda a equipe, sob o argumento de que os servidores, muitos deles remanescentes do governo anterior, eram movidos a dinheiro, cash. A acusação causou um alvoroço. Há quem pretenda encaminhar o assunto à Comissão de Ética da Presidência. E se não houver provas, um fósforo será aceso e jogado no chão.

Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente