Curta nossa página


Protesto contra mortes em tiroteio com a PM vira guerra na ZO

Publicado

Autor/Imagem:


A Rua Cândido Benício, na altura do Mato Alto, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, transformou-se numa praça de guerra na manhã desta terça-feira. Moradores do local fizeram uma manifestação e chegaram a fechar as duas pistas da via, por volta das 7h. Um ônibus, um caminhão, máquinas usadas nas obras da Transcarioca e um banheiro químico foram incendiados. O protesto, segundo o 9º BPM (Rocha Miranda), foi contra uma ação da Polícia Militar que terminou com dois mortos. Equipes do Batalhão de Choque (BPChq) foram para o local e conseguiram liberar a Cândido Benício por volta das 9h15m.

As duas mortes que geraram a manifestação ocorreram por volta de 1h. Segundo a versão da PM, uma equipe do 9º BPM passava pela Avenida dos Italianos, na altura da Fazenda Botafogo, Zona Norte do Rio, e desconfiou de duas motos com quatro ocupantes. Os suspeitos teriam resistido à abordagem a atirado contra a patrulha. Houve troca de tiros, que terminou na Rua das Turquesas, em Rocha Miranda, também na Zona Norte. Dois rapazes morreram e um terceiro ficou ferido. Ele foi levado para o Hospital Carlos Chagas, em Marechal Hermes. O quarto suspeito fugiu.

Ainda de acordo com a PM, os quatro são acusados de fazer assaltos e, com eles, foram encontrados um cordão de prata e de R$ 980 levados de uma vítima, que registrou o o caso na 40ª DP (Honório Gurgel). Os policiais apreenderam, ainda, uma pistola calibre 7.65 e as duas motos usadas na ação. A ocorrência foi registrada na 29ª DP (Madureira).

 

 

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2023 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.