Curta nossa página


Pancadaria marca protestos contra aumento de ônibus

Publicado

Autor/Imagem:


Um grupo de mascarados jogou pedras nas viaturas da Polícia Militar durante o protesto contra o aumento nas tarifas de transporte em São Paulo, na noite desta sexta-feira 9, iniciando um tumulto e confronto com os policiais, que responderam com bombas de efeito moral. Ao menos 51 pessoas foram detidas.

Os vândalos, que usavam camisetas para esconder o rosto, jogaram ainda sacos de lixo no meio da rua, espalhando detritos pela via, atearam fogo em alguns objetos, picharam pontos de ônibus e quebraram bancos e concessionárias de carros.

Eles tomaram a frente do protesto, deixando os integrantes do Movimento Passe Livre (MPL) para trás, na rua da Consolação, próximo ao cemitério.

A polícia informou que, dos detidos, 30 foram encaminhados ao 78º Distrito Policial, 13 para o 4º DP e 8 para o 2º DP.

O protesto começou às 17h, no Teatro Municipal, no centro, de onde todos saíram em direção à praça do Ciclista, na avenida Paulista. De acordo com informações da Polícia Militar, a passeata conta com cerca de 2 mil pessoas. No evento do Facebook, cerca de 50 mil haviam confirmado presença.

A PM informou que estava com pelo menos 800 homens e 50 viaturas, além do helicóptero Águia. Eles usaram, até a confusão, a tática de “acompanhamento aproximado”, que consiste em deslocar os policiais – incluindo os da chamada “tropa do braço” – para andar ao lado dos manifestantes.

No Rio, a Estação Dom Pedro II da Central do Brasil foi ocupada no começo da noite de hoje (9) por manifestantes que participavam da passeata contra o aumento da passagem de ônibus no Rio de Janeiro. Eles chegaram a se aproximar das catracas que dão acesso aos trens, mas não houve tentativas de pulá-las. Os ativistas deixaram o local por volta das 20h.

Durante a passeata, os manifestantes chegaram a anunciar que embarcariam de graça nos trens da SuperVia, mas desistiram com a forte presença policial na estação. Além dos ônibus, que tiveram reajuste para R$ 3,40, as passagens dos trens também vão subir para R$ 3,20 no mês que vem.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2023 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.