Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasília

Protesto marca enterro de professor morto por menores em Planaltina



O corpo do professor de inglês morto com um tiro na nuca após reagir a um assalto no último sábado (3), em Planaltina, foi sepultado nesta segunda-feira 5 em meio a muitos protestos. Guilherme Moura de Jesus, de 28 anos, iria se mudar em dois dias para se tornar policial militar, em Santa Catarina.

Segundo a Polícia Civil, a suspeita é de que dois menores tenham praticado o crime. Guilherme, fazia exercícios em uma praça em Planaltina, foi abordado por garotos, de 11 e 13 anos.

Testemunhas informaram que ele reagiu ao assalto e levou o tiro. O rapaz foi encaminhado para o Hospital de Base, mas não resistiu ao ferimento. A morte cerebral foi confirmada no domingo (4), por volta das 22h.

Alunos e amigos de Guilherme participaram de uma manifestação que ocorreu após o enterro. Aproximadamente 400 pessoas, a maioria estudantes do ensino médio, participaram da ação à pedido de Justiça pelo crime. Eles pediram por mais segurança na região de Planaltina e também, que os suspeitos pela morte do professor sejam encontrados.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente