Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Sucessão na capital

PSD deve apoiar Ibaneis e ter Paulo Octavio no Senado

Publicado

Foto/Imagem:
Pretta Abreu, Edição - Foto Divulgação

O PSD deve caminhar ao lado de uma eventual candidatura à reeleição de Ibaneis Rocha (MDB) ao Palácio do Buriti, apresentando, como virtual candidato ao Senado, o empresário Paulo Octávio. Foi o que revelou o próprio Paulo Octávio, em reunião com os pré-candidatos da legenda à Câmara dos Deputados e Câmara Legislativa.

Presidente regional do partido, Paulo Octávio disse que sua posição na eleição ainda não está definida, mas admitiu a vontade de ser candidato ao Senado, atendendo a pedido de Gilberto Kassab, presidente nacional do PSD. Sobre a eleição local, ele confirmou que a tendência é apoiar Ibaneis. “Teremos 80 dias para fazer a pré-campanha e definir o nosso rumo”, pontuou.

O encontro foi realizado no Kubitschek Plaza Hotel. Aos filiados que pretendem se candidatar foram dadas palestras motivacionais e orientações de marketing digital, além de consultoria jurídica e contábil, voltada especialmente para aqueles que vão às urnas pela primeira vez.

Na abertura dos trabalhos, o pastor Ibi Batista, que é pré-candidato a deputado federal, fez uma oração para todos e uma bênção especial para o deputado distrital Cláudio Abrantes, que estava na primeira fila e fez questão de subir ao palco. Logo em seguida, o secretário-geral da legenda na capital da República, Nilo Cerqueira, passou a palavra a Paulo Octávio, que lembrou o legado de JK, um dos fundadores históricos da primeira fase do PSD.

“Assisto presidentes e presidentes que assumem o poder e não têm metas. JK realizou todas as suas metas e dizia que não se pertencia, mas sim ao programa de seu governo. E no PSD, todos nós vamos cumprir o que prometemos. Somos um partido diferente, e vamos passar isso ao povo”. P.O. enfatizou que “nós somos do partido do fundador da cidade. Temos de defender a sua história, os pioneiros e temos de ter orgulho disso”.

Na aposta do presidente regional do PSD, os pré-candidatos a deputados federais e distritais são nomes expressivos e isso vai ser o diferencial da campanha. “O que eu quero deixar claro é que o partido é unido e todos terão oportunidades. Ninguém que quer fazer política com seriedade deve ser esquecido. Vocês fazem parte de uma família, de sangue, profissional ou religiosa. O partido também tem de ser visto como uma. Afinal, foi a família unida do PSD que ganhou a eleição de 1956 e construiu Brasília”, concluiu.

Após as palavras de Paulo Octávio, o publicitário Gustavo Jangola fez uma palestra motivacional. Na sequência, Camila Siqueira apresentou os desafios e obstáculos no que diz respeito ao marketing digital. O advogado Flávio Couri, especialista em legislação eleitoral, destacou as mudanças previstas para a atual eleição. Por fim, o contador Ayde Filho fez um panorama das mudanças fiscais ocorridas nas prestações de contas dos candidatos.

Publicidade
Publicidade