Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Bizu

PSL caça infieis que ficaram com Jair Bolsonaro

Bartô Granja, Edição

O PSL saiu à caça e começou a retaliar os parlamentares que correram para os braços de Jair Bolsonaro em detrimento dos interesses da legenda. No meio da briga entre Luciano Bivar (PE) e o presidente da República, viraram bucha de canhão Alê Silva (MG), Bibo Nunes (RS), Carlos Jordy (RJ), Carla Zambelli (SP) e Filipe Barros (PR). O quinteto teve seus direitos suspensos. A decisão foi tomada em convenção nacional extraordinária nesta sexta-feira (18). Segundo o senador Major Olímpio (SP), o partido não tem lugar para traidores.

 

 

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente