Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Bizu

PSL tira Eduardo e Flávio da chefia no Rio e São Paulo

Pretta Abreu

O PSL decidiu retaliar o presidente Jair Bolsonaro e destituir seus filhos Eduardo (deputado por São Paulo) e Flávio (senador pelo Rio) da direção do partido nos dois Estados. Eduardo pode ter uma punição ainda maior, com a expulsão e consequentemente a perda da liderança da bancada na Câmara. Esse é mais um round na briga entre Bolsonaro, pai, e o deputado Luciano Bivar, presidente do PSL. A rixa se agravou com a decisão do presidente de deixar o partido para formar uma nova agremiação política, com o nome de Aliança pelo Brasil. Na próxima semana o diretório nacional do PSL deve votar outras punições a parlamentares que saíram em defesa de Bolsonaro.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente