Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Mulher

Quando o amor está no ar, é o paraíso

Cássia Marina Moreira

Todos nós queremos que seja simples: encontramos alguém por quem nos apaixonamos, e pronto. Daí para frente, a construção do futuro começa, inclusive as aspirações fantasiosas a respeito do amor…

Ah, o amor… Tão lindo, suave e doce. E dizem que ele é tão cego quanto. Pois, quando o amor começa a se maravilhar.

Às vezes, esse estado de “Meu Amor — My Love” perdura por toda a vida por conta de muitos ajustes feitos pelo meio do caminho — talvez seja mais correto dizer durante todo o caminho. Afinal, em cada fase da vida, uma nova adaptação se faz necessária e precisamos correr atrás. Caso contrário, nada nem ninguém sobreviverá… Só com o divórcio. E isso sempre traz dor, muitas mágoas, algumas vezes doenças e outros ressentimentos eternos.

Contudo, a vida mostra sua beleza todos os dias a cada vez que o amor acontece. E ele sempre pode voltar a acontecer novamente com direito a todas as maravilhas dele. Tudo volta a acontecer outra vez e será como se nada tivesse acontecido antes e deixado qualquer cicatriz.

Então, o Dia dos Namorados acontece outra vez e o amor está no ar com todas as suas juras, bombons, brigadeiros, docinhos, flores, cheirinhos e todos os tipos de presentes que se pode imaginar.

No fim, tudo isso são formas de demonstrar este amor e marcar datas que o mundo estipula como “a data de demonstrar amor”… Como se a cada dia não fosse um bom dia para isso — como ocorre com tantas outras datas estipuladas pelo social e/ou pelo comércio.

De qualquer forma, comércio ou não, social ou não, tudo é válido. Só não se esqueça de que todo dia é um bom dia para o amor estar no ar. Aproveite bem!

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2021 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente