Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Realista, Alonso reduz chances de chegar ao pódio na sua terra

Publicado

Foto/Imagem:


Depois de ser apontado como ameaça ao domínio da Mercedes no Mundial de Fórmula 1, o espanhol Fernando Alonso adota cautela para o Grande Prêmio da Espanha da categoria, realizado este fim de semana. O piloto da Ferrari corre em casa, mas não quer projetar resultados, como a briga por um lugar no pódio.

Alonso foi escolhido pelo chefe de automobilismo da Mercedes, Toto Wolff, como principal ameaça à equipe da montadora alemã em 2014. Nas palavras do dirigente, o espanhol é um “monstro das corridas” e se beneficia pelo fato da Ferrari produzir a própria unidade de potência.

“Não podemos iniciar o fim de semana pensando no pódio ou em vencer a corrida. Isso criaria metas falsas e erradas para todo mundo que virá aqui. Ficamos em nono e décimo no Bahrein e só conseguimos um pódio na China porque acertamos no domingo. Não estamos em posição de brigar pelo pódio aqui”, disse Alonso.

O GP da Espanha marca o retorno da Fórmula 1 após três semanas de intervalo, em que as equipes se dedicaram ao desenvolvimento de seus carros. A prova, a primeira da fase europeia do calendário, é considerada importante na briga pelo título do ano e na avaliação de força dos times para o restante do ano.

“Precisamos fazer tudo o que podemos para diminuir a diferença e virarmos competitivos. Isso não acontecerá entre uma corrida e outra. Será uma recuperação lenta e espero que não seja muito tarde para brigarmos pelo campeonato. Vamos fazer isso corrida por corrida”, avaliou o espanhol.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade