Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Mundo

Rússia adverte Otan sobre presença militar na Polônia

Foto/Sputniknews
Bartô Granja

O ministro da Defesa polonês, Mariusz Blaszczak, anunciou na segunda, 29, durante um discurso televisionado que Varsóvia e Washington haviam decidido aumentar a presença militar dos EUA no país. Nsta terça, 30, o ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, disse que a decisão de enviar mais tropas dos EUA para a Polônia viola o tratado Rússia-Otan.

“[Os planos] refletem a política dos Estados Unidos de eliminar todos os arranjos de segurança que existiam na região euro-atlântica. Nesse caso, lidamos com o enfraquecimento de uma das principais disposições do acordo, que proíbe força de combate substancial em uma base permanente no território de novos membros da Otan”, disse Lavrov.

Atualmente existem cerca de 4 mil soldados dos EUA na Polónia, destacados para o país como parte da missão da Otan, na sequência da reunificação da Crimeia com a Rússia em 2014.

Em setembro passado, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou durante uma visita de seu colega polonês Andrzej Duda a Washington que os EUA estavam pensando em estabelecer uma base militar permanente no país.

O presidente polonês se ofereceu para pagar cerca de US $ 2 bilhões dos custos totais e sugeriu que a base deveria se chamar Fort Trump.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente