Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Mundo

Rússia se arma no Ártico para ter 120 trilhões em petróleo

Foto/Sputniknews
Bartô Granja

A Rússia reformulou sua base militar na ilha de Kotelny, parte do arquipélago das Novas Ilhas Siberianas localizado entre o Mar de Laptev e o Mar da Sibéria Oriental, reafirmando seu poderio militar no Ártico, rico em petróleo.

“Nossa tarefa é monitorar o espaço aéreo e a rota marítima do norte”, disse o comandante da base, coronel Vladimir Pasechnik. “Temos tudo o que precisamos para o nosso serviço e vida confortável.”

O Kremlin injetou recursos maciços em sua base, incluindo lançadores de mísseis anti-navio e habitações para até 250 militares responsáveis ​​por manter instalações de vigilância aérea e marítima e defesas costeiras como mísseis anti-navio.

A Rússia tem vastas reservas de petróleo e gás no Ártico, e a região contém 90 bilhões de barris de petróleo e 47 trilhões de metros cúbicos de gás natural, o que representa um quarto do petróleo e gás não descobertos do planeta. O presidente russo Vladimir Putin estima que essas reservas girem em torno de US$ 30 trilhões – cerca de 120 trilhões de reais.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente