Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Bizu

Se guerra tiver, não será com ajuda do Brasil

Foto: Marcelo Camargo/ABr - Arquivo Notibras
Antônio Albuquerque

Apesar de Jair Bolsonaro reconhecer a força bélica americana, capaz de dizimar exércitos no mundo inteiro, a guerra não vai passar perto das nossas fronteiras, muito menos com a ajuda do Brasil, numa eventual invasão da vizinha Venezuela. Foi o que esclarecer na noite desta segunda, 18, em Washington, o general Rêgo Barros, porta-voz do Palácio do Planalto. “O Brasil entende que a situação da Venezuela deva ser resolvida com base na nossa diplomacia”, esclareceu.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente