Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Curiosidades

Seca traz de volta Stonehenge espanhol

Bartô Granja, Edição

Um local com 144 blocos de granito de mais de um metro e oitenta de altura reapareceu em Peraleda de la Mata, na Espanha, perto de Cáceres, na Extremadura, depois de ficar submerso em um reservatório por 50 anos.

Descoberto pela primeira vez em 1925 pelo padre e arqueólogo alemão Hugo Obermaier, o local desapareceu depois que o ex-líder espanhol general Francisco Franco ordenou a inundação do vale que banha o rio Tejo.

Os cientistas acreditam que a estrutura poderia ter sido construída pelos celtas que viviam na Península Ibérica há 4.000 anos, e que as pedras foram usadas como uma câmara central para a adoração do sol.

“Dessa forma, tem semelhanças com Stonehenge, mas é obviamente menor”, disse Ángel Castaño, presidente da Associação Cultural de Peraleda, ao Times.

Agora, o governo regional deve discutir planos de longo prazo para a preservação do local para fins científicos e turísticos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente