Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Saúde

Anticoncepcional realmente engorda?

Foto/Reprodução
Bárbara Pereira

A pílula anticoncepcional é considerada um dos métodos contraceptivos mais comuns entre as mulheres, combinando doses de progesterona com estrógeno. Além de impedir a gravidez, o medicamento também regula o ciclo menstrual, alivia cólicas e ajuda no tratamento de ovários policísticos.

No entanto, apesar dos diversos benefícios do uso de anticoncepcional, não é raro encontrar mulheres apontando desvantagens específicas do medicamento em seu organismo. O aumento de peso é uma das queixas mais recorrentes entre elas.

“Eu comecei a tomar anticoncepcional há uns quatro anos para regular meu fluxo menstrual e controlar as espinhas por recomendação da minha ginecologista. Percebi que meus seios incharam e estava retendo muito líquido. Parei de tomar por um tempo e depois voltei, mas ainda sinto que fico inchada e engordei uns dois ou três quilos”. O relato de Beatriz Kaiser, estudante de 21 anos, é apenas um dentre milhares de mulheres que notaram mudanças no corpo após iniciarem o uso de pílulas anticoncepcionais.

Entretanto, apesar das queixas, não há comprovação científica de que o anticoncepcional cause diretamente um aumento no peso. “Cada corpo e cada método contraceptivo são únicos para cada paciente, portanto, não haverá aumento de peso universal com uso de anticoncepcionais”, explica o ginecologista Bruno Dourado, da Clínica Nutrindo Ideais. Como possíveis efeitos colaterais das pílulas de estrogênio e progesterona, ele destaca a retenção hídrica (inchaço), acnes e queda de cabelo.

Para a endocrinologista Dolores Pardini, diretora do Departamento de Endocrinologia Feminina e Andrologia da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, apenas uma minoria das mulheres apresenta ganho de peso: “Depende da predisposição da pessoa, do peso inicial, da composição do anticoncepcional e do estilo de vida”, ressalta.

Berenice Bilharinho de Mendonça, também especialista da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, acrescenta que “pessoas com tendência genética a terem sobrepeso têm maior chance de ganhar peso com os anticoncepcionais”. Ainda assim, o ganho é discreto e geralmente ocorre nos primeiros meses do uso da medicação.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente