Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Mulher

Solidão apavora, mas é hora do desapego

Carolina Paiva, Edição

Mesmo um amor que parecia ser perfeito, vivido com muita intensidade e com muita paixão, pode resultar em uma separação. Um relacionamento que não chegou a ser um namoro, mas que também acabou, pode trazer sensações de decepção, tristeza e solidão, assim como no primeiro caso. Para acabar com esse sofrimento, o melhor a fazer é aprender como desapegar de alguém.

Antes de tudo, é preciso compreender que nenhum sofrimento é desnecessário. Cada pessoa reconhece os próprios sentimentos e todos eles são válidos. Um relacionamento de duas semanas pode ser vivido com a mesma entrega que uma relação de anos. Às vezes, o amor era até platônico. Quando o sentimento acaba, não importa qual seja a situação, desapegar deve ser o próximo passo.

Ao buscar “como desapegar de alguém”, você pode encontrar respostas muito simples, mas difíceis de colocar em prática. De fato, desapegar será um processo difícil. Por isso, você precisa compreender a importância de se submeter a isso para se sentir melhor no futuro. Esse é um exemplo de um mal necessário. Por pior que pareça, é o melhor caminho a se tomar.

Quanto mais você se recusar a romper o apego que existe entre você e uma pessoa que não quer estar ao seu lado, pior você irá se sentir por não estar mais com ela (ou por nunca ter ficado com ela). Você estará nutrindo expectativas e se enganando, aumentando ainda mais a chance de se decepcionar novamente. Está na hora de se abrir para o novo.

Sabendo da importância de aprender como superar alguém, chegou a parte de entender o que você precisa fazer para se livrar dos sentimentos de negação, desilusão, tristeza, saudade, solidão e baixa autoestima. Depois, você verá quais atividades fazer para se distrair dessa situação ruim. Desapega!

1) Negação
Levar um fora pode, a princípio, parecer inexplicável. Tudo parecia ir bem, ou nada ia mal, quando de repente uma pessoa não quer mais ficar com você, ou não quer nem te conhecer.

Para superar alguém, você precisa aceitar que não existe o sentimento que unia ou uniria vocês. Isso poderia ter acontecido com qualquer um, e muitas vezes não existe uma explicação racional para o fim de um envolvimento amoroso.

Não tente encontrar culpados ou culpadas, ou buscar um sentido para tudo isso. O que importa, na verdade, é que vocês não estão mais juntos. Os motivos para isso não mudam o resultado, então, nem desperdice sua energia pensando sobre isso.

2) Desilusão
O sentimento de desilusão é aquela sensação de que algo que você queria muito não está acontecendo de acordo com o que você imaginava. É isso que você sente quando aquele relacionamento ou envolvimento que você torcia para dar certo termina.

Ficar imaginando o que vocês teriam sido, tudo que poderiam ter feito ou tudo que ainda poderiam viver não vai te ajudar nesse momento. Reviver as memórias de vocês, pensando em como tudo parecia perfeito, só vai fazer você sentir ainda mais desilusão.

Nem sempre as pessoas fazem os mesmos planos que nós para o futuro. Somos todas(os) diferentes e às vezes queremos uma mudança de ares ou de objetivos. Faz parte das vontades de cada pessoa, e por mais dolorida que seja a desilusão, ela vai passar com o tempo.

Mulher sentada em um sofá em uma sala de estar. Ela está triste e está rasgando um foto dela com o seu namorado.

3) Tristeza
A tristeza é um sentimento inevitável quando precisar entender como desapegar de alguém. Nos sentimos tristes pelas esperanças que criamos, pelas memórias que construímos e por tudo ter encontrado um fim.

Recusar a tristeza que esse momento causa pode acabar acumulando esse sentimento negativo dentro de você. Não tente dizer para as pessoas que você está bem quando não está. Às vezes, você pode precisar de um(a) profissional da saúde para te ajudar a vencer isso.

Aceite a tristeza que você sente, permita-se viver esse tipo de luto. Você pode chorar, falar para quem você ama que está se sentindo mal. No entanto, esse sentimento não pode durar para sempre. Em algum momento, você terá que seguir em frente. Cuidado para não exagerar!

4) Saudade
Depois de uma separação, a saudade é um sentimento que pode tornar tudo mais difícil. É inevitável lembrar de todos os momentos com a pessoa, sentir vontade de conversar com ela ou de compartilhar o que você normalmente confiava a ela.

Não será possível se libertar da saudade que esse alguém deixou em você. Porém, você pode mudar a conotação negativa que esse sentimento te traz. Em vez de pensar que a saudade precisa ser encerrada, ou que você deve matar a saudade, pense no que esse sentimento representa.

A saudade que sentimos é um sinal de que vivemos momentos incríveis ao lado de alguém, e sempre teremos essas memórias. No livro Grande Sertão: Veredas, de Guimarães Rosa, há uma passagem que diz que uma das mulheres com quem o protagonista se envolve era “uma saudade a se guardar”. Aceite esse sentimento e permita que ele seja só uma lembrança dessa pessoa.

Mulher vestindo um suéter rosa claro. Ela está triste e em uma das mãos segura um anel de noivado,

5) Solidão
O que pode dificultar o processo de “como desapegar de alguém” pode ser a crença de que você irá sentir muita solidão ao se desvencilhar dessa pessoa. Não ter alguém para beijar, para sair ou para conversar o dia inteiro pode trazer a sensação de solidão, mas quem disse que a solidão é ruim?

Mudar a sua perspectiva sobre esses sentimentos que parecem negativos pode ser essencial no processo de desapegar de alguém. A solidão não é algo que faz as pessoas se isolarem do mundo e perderem qualquer tipo de contato com o universo exterior. É o contrário disso.

A solidão pode permitir que você seja mais livre para entender e atender às suas vontades, para fazer o que você sempre quis e para não se restringir e se limitar ao julgamento de outras pessoas. A solidão pode fazer você se sentir melhor.

6) Baixa autoestima
É muito provável que uma pessoa busque ideias de “como desapegar de alguém” porque ela não aguenta mais a forma como está se sentindo sobre ela mesma. Imaginar o que fez a outra pessoa perder o interesse em você, listando seus pontos negativos, pode gerar um resultado que sequer condiz com a realidade.

O fato de uma pessoa não querer estar com você é a opinião dela sobre você, não é a sua essência. Talvez, as coisas que você considera negativas sobre você nem sejam o que fez essa outra pessoa querer se afastar. Existem muitas outras pessoas no mundo que vão te adorar exatamente por quem você é, apesar dos defeitos que você acredita serem insuportáveis.

Os sentimentos de uma pessoa sobre você não traduzem os sentimentos de todo mundo sobre você. Se é difícil acreditar que todo mundo te ama só porque uma pessoa te ama, por que seria fácil acreditar que o fato de uma pessoa não querer mais estar com você representa toda a maioria?

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente