Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Esportes

Sport desperdiça chances contra Vitória e vê Segundona na sombra

Foto/EstadãoConteúdo
Mário Camargo, Edição

O Sport desperdiçou uma boa chance de somar pontos na sua luta contra o rebaixamento ao empatar sem gols com o Vitória, nesta quarta-feira à noite, na Ilha do Retiro, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time pernambucano, sem perder há cinco jogos, soma 38 pontos e ocupa a 15ª posição, enquanto o time baiano segue em 18ª lugar, com 36 pontos.

Pela situação dos dois times na tabela de classificação, o jogo, mesmo antes de seu início, ganhou ares de dramaticidade. Na arquibancada, um cartaz retratava bem a esperança da torcida rubro-negra presente na Ilha do Retiro: “Pode existir apenas 1% de chances, mas haverá sempre 99% de fé”.

O Sport investiu com perigo logo no primeiro minuto, quando num lançamento longo para Rogério, a defesa parou pedindo impedimento. O atacante, de voleio, isolou a bola por cima. Aos 14, Michel Bastos avançou pelo lado direito e cruzou na direção da pequena área, mas Hernane perdeu o tempo da bola e chegou atrasado ao som de lamento da torcida.

O curioso é que o Vitória tinha mais atitude ofensiva e não ficava só lá atrás se defendendo. Aos 26, quase que o goleiro Mailson, do Sport, se complicou num chute de Erick. Ele deu rebote e depois teve que disputar a bola na pequena área com Lucas Fernandes. Erick tentou de novo aos 37 minutos, chutando no alto. Desta vez, Mailson espalmou por cima do travessão. O Sport só respondeu nos acréscimos, quando Adryelson desviou de cabeça o escanteio de Michel Bastos, mas a bola passou sobre o travessão.

Para o segundo tempo, o Sport voltou com Rafael Marques no ataque no lugar de Rogério, que sentiu uma lesão muscular. O Vitória estreou o garoto Eron no lugar do veterano André Lima.

Antes do primeiro minuto quase que Mailson fez uma lambança. Com a bola nas mãos ele tentou a reposição. Mas errou a pontaria e mandou contra o próprio gol. Ele precisou correr para evitar o gol contra, quase em cima da linha.

O Vitória se fazia mais presente no ataque. Aos 11 minutos, Léo Gomes chutou de longe e Mailson deu um tapinha por cima.

Mas logo as duas equipes se acomodaram em campo. O técnico Milton Mendes tirou o atacante Hernane para a entrada do volante Fellipe Bastos. O Vitória também aprovou o ponto conquistado em terreno adversário e não se arriscou mais.

A melhor chance do Sport em todo o jogo saiu aos 36 minutos. Fellipe Bastos lançou Matheus Gonçalves que disparou sozinho, entrou na área e bateu cruzado. A bola tocou no pé da trave esquerda e voltou pra a defesa aliviar. O lance animou a torcida e os últimos minutos foram de domínio pernambucano. Mas, sem finalizar, o placar não mudou.

No final de semana, os times voltam a campo pela 35ª rodada. O Sport vai receber o Flamengo, domingo, às 17 horas. O Vitória vai pegar o Atlético-PR, no Barradão, sábado, às 19 horas.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente