Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Esportes

Santos bate Fogão e vira líder junto com o Palmeiras

Mário Camargo

O Brasileirão agora tem dois líderes. E são paulistas. O Santos, que venceu o Botafogo na manhã deste domingo, 21, por 1 a 0, passa a dividir a ponta com o Palmeiras, que perdeu no sábado para o Ceará, em Fortaleza, por 2 a 0.

A derrota do Botafogo foi em casa, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro. O gol foi marcado pelo atacante Marinho, primeiro dele com a camisa do clube santista.

Com o resultado, o time da Vila Belmiro chegou a 26 pontos e alcançou o rival Palmeiras na liderança do torneio. O Palmeiras mantém a ponta pelo saldo de gols maior: 14 contra 7 do Santos. Já o Botafogo parou nos 17 pontos e pode sair do G-6 dos clubes que se classificam para a Copa Libertadores da América.

Nos jogos da tarde-noite, na Arena de Itaquera, graças a um gol de Gabriel marcado aos 39 minutos do segundo tempo, validado apenas aos 45 após a intervenção do árbitro de vídeo, o Flamengo empatou por 1 a 1 com o Corinthians. O time corintiano também marcou na etapa final, com Clayson convertendo um pênalti, mas não conseguiu sustentar a vantagem no placar.

Em Belo Horizonte, dois jogadores do Fortaleza roubaram a cena no empate por 2 a 2 contra o time misto do Atlético-MG, no estádio Independência. De cobertura, Juninho fez golaço contra e abriu o placar em favor dos donos da casa ao tentar recuar a bola para o goleiro de muito longe, quase do meio de campo. Por outro lado, o volante empatou a partida no Horto, de pênalti. Já Felipe Alves brilhou ao evitar a vitória atleticana defendendo pênalti de Luan no fim do jogo. O goleiro também fez uma grande sequência de defesas no segundo tempo. O resultado deixa o Atlético no G4: o time tem 20 pontos e ocupa a quarta posição. Já o Fortaleza fica no 14º posto, com 14 pontos.

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente