Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Fake news, não

Suposta renúncia de PO tem debate sem pé nem cabeça

Publicado

Foto/Imagem:
Pretta Abreu - Foto Reprodução

Karlon, Luiz Felipe Belmonte e Luiz Bigode, e eventualmente outros participantes do grupo Belmontes pelo DF, atribuíram a nosso diretor-editor José Seabra, em debate no grupo, a difusão de fake news sobre suposta desistência de Paulo Octávio na corrida ao Palácio do Buriti. Vamos aos fatos:

  1. O texto não é de José Seabra, mas é da minha lavra, titular da coluna. José Seabra apenas autorizou a publicação, após ouvirmos integrantes da coordenação da campanha de Paulo Octávio;
  2. A informação do pedido de impugnação da candidatura de Paulo Octávio, feito pelo ilustre advogado Leonardo Loiola, nos chegou na sexta-feira, dia 19, à noite. Como havia, da parte do remetente, a garantia de que se tratava de informação exclusiva, marcamos uma conversa com a assessoria do candidato, e com o próprio candidato, para as 9h50 em Águas Claras, no sábado, 20. Três dos profissionais de Notibras estiveram no endereço combinado. Como, porém, até o meio-dia, nem PO nem sua assessoria apareceram, a opção foi voltar para a redação e produzir outras matérias;
  3. No domingo, 21, logo cedo, a ação do pedido de impugnação nos chegou por outras oito mãos. Mais uma vez tentou-se contato com PO e sua assessoria, mas em vão.
  4. Enquanto o tempo passava, advogados entraram em contato com Notibras, sugerindo, embora ressalvando todo o respeito que têm pelo site, que Notibras estaria evitando publicar a matéria por ter entre seus patrocinadores as Organizações Paulo Octávio. Ledo engano, porque o Departamento Comercial não tem ingerência sobre a Redação, e vice-versa;
  5. Como José Seabra costuma tirar o domingo para descansar, esta colunista, apesar disso, entrou em contato com ele, transmitindo a informação de que o pedido de impugnação já estava nas mãos do Metrópoles. José Seabra, com seus 53 anos de jornalismo em Brasília, tem mais fontes de informação do que a grande maioria dos profissionais de comunicação da cidade. Decidiu, então, dar uma pausa no almoço regado a vinho, e entrar no circuito;
  6. Mais uma vez – e mais uma vez sem sucesso – José Seabra acionou os assessores de PO e o próprio candidato. Por fim, conseguiu contato com duas figuras proeminentes da aliança PSD-PSC. A primeira fonte, mesmo considerando que o pedido de impugnação era consistente, enfatizou, porém, que o Ministério Público Eleitoral não acataria a ação, mas admitiu que uma enxurrada de processos semelhantes estaria a caminho. A segunda fonte foi mais realista. E disse que Paulo Octávio DEVE renunciar para preservar seus aliados e seu filho André.  A contundente declaração serviu de base para o título da matéria. Não foi dito, em momento algum, que o candidato VAI desistir da disputa, mas que, por bom senso, DEVE renunciar;
  7. Ao contrário do que se debateu no grupo, José Seabra não tem fortes laços de amizade com Luiz Felipe Belmonte e com sua esposa, a deputada Paula Belmonte. Ao advogado, o jornalista, na condição de profissional, presta uma consultoria há cerca de cinco anos. Quanto à parlamentar, José Seabra cumprimentou Paula Belmonte, pessoalmente, pela primeira vez, na semana passada.
  8. A matéria de Notibras sobre esse assunto não é fake news. Primeiro portal de notícias aberto na internet produzido a partir de Brasília há 23 anos, Notibras tem adversários, mas não tem inimigos, e todos, sem exceção, avalizam nossa credibilidade. E por conta disso, nossos profissionais não permitirão que um ou outro inconformado com a verdade tente desconstruir nossa imagem.
Publicidade
Publicidade