Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Caso Jairinho

Supremo mantém mãe de Henry Borel na prisão

Publicado

Foto/Imagem:
Pontes de Miranda Neto II - Foto de Arquivo

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), indeferiu pedido liminar de relaxamento de prisão preventiva de Monique Medeiros da Costa e Silva, mãe do menino Henry Borel, de 4 anos, morto em 8 março deste ano. Os advogados de Monique ajuizaram reclamação no STF, alegando que o 2º Tribunal do Júri da Justiça do Estado do Rio de Janeiro descumpriu determinação da Suprema Corte em relação às audiências de custódia, ao não realizar nova audiência depois da conversão da prisão temporária em preventiva.

Publicidade
Publicidade