Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Curiosidades

T-Rex, maior predador do mundo, viveu no Canadá

Foto/Divulgação
Carolina Paiva, Edição

Quase três décadas depois que o Tyrannosaurus rex, apelidado de “Scotty”, foi descoberto no oeste do Canadá em 1991, foi declarado o maior do mundo. Os ossos de Scotty foram descobertos em agosto de 1991 pelo professor do ensino médio Robert Gebhardt durante uma expedição com outros paleontólogos, de acordo com vários relatórios. Levou anos para que os cientistas removessem as pedras que cobriam os ossos de Scotty e remontassem 65% do gigantesco predador.

“Aqui descrevemos um esqueleto extremamente grande e relativamente completo (cerca de 65%) do Tyrannosaurus rex. Múltiplas medidas (incluindo as do crânio, quadril e membros) mostram que um robusto indivíduo com uma massa corpórea estimada superior a todas as outras amostras conhecidas de T. Rex e representantes de todos os outros terópodes terrestres gigantescos “, escreveram os pesquisadores, incluindo Scott Persons da Universidade de Alberta, no Canadá, em um estudo publicado na revista The Anatomical Record.

Scotty, maior do que todos os outros dinossauros do gênero, é estimado em mais de 40 metros de comprimento e pesa cerca de 19.400 libras, vivendo 66 milhões de anos atrás no que acabaria por se tornar a província canadense de Saskatchewan.

“Existe uma considerável variabilidade de tamanho entre o Tiranossauro. Alguns indivíduos eram mais magros do que outros e alguns eram mais robustos”, afirmou recentemente o Tech Times.

“Scotty exemplifica o robusto. Tome medidas cuidadosas de suas pernas, quadris e até ombro, e Scotty sai um pouco mais pesado do que outras amostras de T. rex”, acrescentou.

Além disso, o predador feroz viveu por um tempo estranhamente longo; acredita-se que tenha morrido aos 30 anos. Cicatrizes nos ossos de Scotty, incluindo costelas quebradas, o que parece ser uma mordida na cauda e uma mandíbula presumivelmente infectada, também apontam para uma vida violenta.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente