Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Veículos

Taos buzina e pede passagem ao Compass

Antônio Albuquerque, Edição

A Volkswagen finalmente mostrou o SUV Taos no Brasil. Em encontro virtual com jornalistas especializados de todo o país, a montadora fez um balanço de 2020 e exibiu sua gama completa de SUVs, incluindo o novo utilitário que vai disputar vendas com o Jeep Compass a partir de 2021.

No streaming feito pela marca, o CEO da Volkswagen na América Latina, Pablo Di Si, voltou a confirmar a estreia do Taos para o 2º trimestre do ano que vem. Após injeção de US$ 650 milhões, a fábrica de General Pacheco, na Argentina, está próxima de iniciar a produção do modelo.

O Taos é o 4º SUV da ofensiva da marca na categoria. O primeiro a chegar foi o Tiguan Allspace, depois veio o T-Cross e, por último, o crossover Nivus. O Taos, portanto, será o quarto utilitário esportivo da montadora, e ficará posicionado entre o Tiguan e o T-Cross.

Apelo premium
Segundo Pablo Di Si, o novo SUV terá apelo premium e virá repleto de conteúdos sofisticados. O Taos vai estrear, por exemplo, a nova tecnologia de iluminação da VW: os faróis IQ. Light. O conjunto ótico é unido por uma barra de LED que percorre a grade, criando uma nova assinatura.

Por dentro, o Taos será um tanto mais chique que o T-Cross, com partes cobertas com couro. O painel contará também com duas telas coloridas de 10 polegadas, uma do quadro de instrumentos Active Info Display, outra da multimídia VW Play, lançada no Nivus. Também do crossover compacto vem o volante com o novo escudo da Volkswagen.

Muita de segurança
Embora tenha mostrado o Taos pela primeira vez no Brasil, a VW não detalhou a fundo o modelo. A marca basicamente listou alguns itens que o SUV oferecerá, como controle de cruzeiro adaptativo (ACC), que é capaz de acelerar e frear o veículo sozinho com ajuda de um radar na dianteira.

Outro item citado pela marca – e que também funciona a partir deste radar – é a frenagem automática de emergência (AEB). O recurso promete frear o SUV sozinho, evitando ou minimizando uma batida.

Motor e câmbio
A Volkswagen ainda não falou da mecânica, mas já sabemos que o Taos será vendido com tração dianteira e o motor quatro-cilindros, 1.4 TSI, turbo e flexível. Ele rende até 150 cv de potência e 25,5 mkgf de torque. O câmbio será o automático de seis marchas fornecido pela japonesa Aisin.

Plataforma maior
O Taos utiliza a plataforma modular MQB na versão equivalente a dos modelos médios, como o Golf. Ou seja, o novo SUV não nasce da base menor MQB-A0, que serve a T-Cross, Nivus e aos compactos Polo e Virtus. Por isso, terá porte mais encorpado e um porta-malas de 455 litros.

Previsto para estrear entre abril e maio de 2021, o Taos deverá custar entre R$ 130 mil a R$ 150 mil. O modelo será o primeiro SUV produzido pela Volkswagen na Argentina.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2021 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente