Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Caindo a máscara

Thaís Riedel ameaça imprensa e Notibras pede quebra de sigilos

Publicado

Foto/Imagem:
José Seabra, Diretor-Editor

A advogada Thaís Riedel entrou com representação na Comissão Eleitoral da OAB-DF contra Notibras, acusando o portal de notícias de estar associado a ‘outros sites e blogs’ para atacar a chapa Você na Ordem, em benefício de outros candidatos. Trata-se de uma nítida ameaça à liberdade de expressão e tentativa de intimidar e censurar a imprensa.

Thaís Riedel acusa Notibras de não conceder espaço editorial à chapa que ela representa. Ela falta com a verdade. Esse tipo de jogo sórdido da chapa Você na Ordem está sendo desmascarado. Notificada pela Comissão Eleitoral, a Direção de Redação acionou nossa Assessoria Jurídica, que tomou as devidas providências.

Uma das medidas que se requer é que a Comissão Eleitoral acione o Poder Judiciário para autorizar a quebra do sigilo telemático do telefone do nosso diretor-editor e de um total de 11 pessoas, entre apoiadores, coordenadores e assessores da chapa Você na Ordem. O pedido envolve o período retroativo ao início da pré-campanha até esta data.

Para evitar maiores constrangimentos a Thaís Riedel, a muitos de seus apoiadores, coordenadores e assessores, a quebra de sigilo telemático deve ater-se a referências às expressões Entrevista, OAB-DF, Thaís Riedel, Notibras, José Seabra, Guilherme Campelo, Evandro Pertence, Renata Amaral, Délio Lins e Silva Jr e Alinne Marques.

Na resposta às acusações de má-fé de Thaís Riedel à Comissão Eleitoral da OAB-DF, fica claro que:

1. Notibras.com rechaça quaisquer tentativas prévias contra a liberdade de expressão, e muito menos respeita ordem de censurar matérias, sem que parta do Poder Judiciário, sobre fatos que suposta e eventualmente venham a ocorrer. Notibras não noticia que o avião vai cair quando a aeronave sequer decolou;

2. Notibras.com não gera nem publica fake news procedentes de outros meios de comunicação;

3. Notibras.com repudia a acusação leviana de ser patrocinado por quaisquer das chapas que ora concorrem à presidência da OAB, seccional do Distrito Federal, e exige esclarecimentos e provas de apoiadores, assessores e coordenadores da chapa Você na Ordem, de que tal fato tenha acontecido ou esteja ocorrendo;

4. Notibras.com excluiu do seu conteúdo, sem qualquer pedido ou determinação, a matéria sobre 13 brancos que supostamente se passariam por pretos para comporem a chapa de Thaís Riedel. A Direção de Redação tomou a decisão por entender que o texto ia contra seus princípios éticos e profissionais;

5. Notibras.com nunca atacou Thaís Riedel ou seus projetos para eventualmente chegar ao cargo máximo da OAB no Distrito Federal. Matérias com críticas à candidata sempre foram atribuídas a seus opositores;

6. Notibras.com repudia, categoricamente, a tentativa da chapa Você na Ordem de associar nosso nome a portais, sites e blogs de qualquer expressão, como se conluio houvesse para desacreditar a candidatura de Thaís Riedel;

7. A representação registrada na Comissão Eleitoral pela chapa Você na Ordem é um fato jornalístico. Consequentemente, para subsidiar a produção de futuras reportagens, requeremos à Comissão Eleitoral informar quais são “outros sites e blogs” insinuados pela chapa de Thaís Riedel como ‘parceiros’ de Notibras numa ilusória campanha de difamação da chapa Você na Ordem na véspera da eleição. Também como subsídio para a reportagem, Notibras deseja saber se os veículos UOL/Folha de S.Paulo, Estadão e G1/TV Globo, citados por Thaís Riedel como ‘estranhamente interessados’ na eleição para a OAB-DF, foram notificados nos mesmos termos da notificação encaminhada contra Notibras.com;

8. Notibras.com, desde o início da pré-campanha eleitoral para o comando da OAB-DF, colocou seu espaço editorial à disposição de todas as futuras chapas. Matérias, sempre que solicitadas pelas chapas e apoiadores de Délio Lins e Silva Júnior, Renata Amaral e da ex-candidata Alinne Marques, foram editadas de forma ética e profissional. O grupo do doutor Evandro Pertence jamais se dirigiu à redação de Notibras, enquanto a candidatura do doutor Guilherme Campelo, encaminhou e-mails determinando a veiculação imediata de tais e tais matérias, no que não foram atendidos, porque Notibras não recebe ordens para veicular isso ou aquilo. Por fim, apoiadores, assessores e coordenadores da campanha de Thaís Riedel, procurados, não demonstraram interesse em ver a campanha da candidata em Notibras, pois estavam todos “magoados’ por referências “pouco elogiosas” a uma aliada de Thaís Riedel;

9. Notibras.com interpretou a representação da chapa de Thaís Riedel como ameaça, tentativa de intimidação e censura prévia, o que, mais uma vez, justifica tornarmos o fato público. É para confirmar que Notibras ofereceu espaços editoriais à chapa encabeçada por Thaís Riedel, solicitando entrevistas, como ocorreu com seus concorrentes, que foi solicitada à Comissão Eleitoral a adoção de medidas junto ao Poder Judiciário, para a quebra dos sigilos telemáticos.

Com a quebra desses sigilos, eventualmente aprovada, a verdade virá à tona e a farsa montada pela chapa de Thaís Riedel será desmascarada. Notibras se permite, até ulterior decisão, a manter sob reserva os números e titulares dos telefones alvos desse pedido de quebra de sigilo telemático.

*Matéria alterada às 08h06 para correções

Publicidade
Publicidade