Curta nossa página


Tiroteio e morte de rapaz fazem do Rio praça de guerra

Publicado

Autor/Imagem:


A troca de tiros entre traficantes e policiais do 9º Batalhão da Polícia  Militar (PM) em Rocha Miranda, na madrugada de sábado (21), causou a morte de um adolescente e ferimentos em outro rapaz. Em represália, os moradores atearam fogo em um ônibus e em um caminhão-baú carregado de verduras.

O incidente aconteceu na comunidade da Palmeirinha, localizada entre os bairros de Guadalupe e Honório Gurgel, na zona norte da cidade. Para a polícia os ataques foram orquestrados pelos traficantes que dominam a região. O adolescente morto era suspeito de participar da quadrilha.

Os adolescentes foram levados para o Hospital Carlos Chagas, em Marechal Hermes. O adolescente morreu e o rapaz continua internado. Não há informações sobre o seu estado de saúde.

Devido ao clima tenso, que levou inclusive a interdições nas pistas da Avenida Brasil, sentido zona oeste, que só foram liberadas por volta das 5h, depois dos trabalhos de limpeza da Comlurb, Policiais do Batalhão de Choque, do 41º BPM foram chamados para reforçar o policiamento.

Na noite anterior, uma criança de 5 anos foi baleada durante tiroteio entre PMs do 39º Batalhão e traficantes na comunidade do Morro do Rola Bosta, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense.

Segundo informações do Hospital Geral de Nova Iguaçu (Hospital da Posse), a menina foi submetida a uma cirurgia na madrugada, mas a bala havia atravessado o corpo da criança.  O estado de saude da menor é grave, embora estável.

Em protesto, moradores da comunidade atearam fogo em um ônibus. O caso está sendo investigado pela 54º Delegacia de Polícia (Belford Roxo) e os policiais envolvidos na operação, que tiveram suas armas apreendidas para exame de balística, vão prestar depoimentos.

As informações iniciais dão conta de que polícias do Batalhão de Belford Roxo receberam ligação pelo Disque Denuncia, sobre uma festa que estava sendo feita pelos traficantes no Morro do Rola Bosta. Ao chegarem no local foram recebidos à bala.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2024 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.