Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Torcida organizada hostiliza jogadores do Botafogo em treino

Publicado

Foto/Imagem:


Depois do empate com o Vitória por 1 a 1, no domingo, em Macaé, o Botafogo voltou aos treinos sob pressão da torcida, no Estádio Eustáquio Marques, em Curicica.

Inicialmente, a presença de torcedores seria vetada. Porém, eles invadiram o local por uma porta lateral, que não estava trancada, e a segurança nada pôde fazer. Cerca de 50 pessoas assistiram à atividade, mas dos quais 15 integrantes de uma organizada se destacaram e criticaram incessantemente o elenco e a diretoria.

Depois de mais de uma hora de protestos, a Polícia Militar expulsou a torcida do local. Dois soldados ficaram fazendo a segurança no portão do estádio. Os principais alvos dos xingamentos foram Bolívar e Rodrigo Souto, além do presidente Mauricio Assumpção.

O auxiliar técnico Eduardo Hungaro – treinador da equipe na Copa Libertadores da América -, o atacante Tanque Ferreyra (que fez um trabalho físico perto da torcida), o goleiro Renan, o meia Jorge Wagner e o lateral esquerdo Julio Cesar também foram xingados.

Os únicos poupados pela torcida foram o atacante Emerson e o lateral direito Edilson, que tiveram os nomes gritados. Além disso, o hino do Botafogo também foi cantado.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade