Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Saúde

Tratamentos menos invasivos ganham mais adeptos

Carolina Paiva, Edição

Com tratamentos cada vez menos invasivos e resultados imediatos ou a curto prazo, a dermatologia estética tem evoluído bastante e possibilitado diversas opções de tratamentos, seja para a pele ou, também, para o corpo. Isso ocorre porque, com o passar dos anos, os tratamentos estéticos evoluíram com a tecnologia e, atualmente, são mais eficazes e produzem resultados satisfatórios aos pacientes: uma barriguinha a menos, o olhar mais jovial, a pele mais bonita e saudável, são alguns dos benefícios obtidos com os procedimentos.

Para o dermatologista, especialista em pele há mais de trinta anos, Erasmo Tokarski, nunca houve tamanha evolução tecnológica nesta área como nas últimas décadas.

“Até pouco tempo, os tratamentos estéticos se resumiam à massagem e suas derivações, o que resultava em insatisfação por muitos pacientes. Hoje, a medicina, em especial a dermatologia, tem à disposição aparelhos sofisticados em conjunto com métodos de tratamentos manuais que proporcionam um ótimo resultado de forma minimamente invasiva,” explica o profissional.

As vantagens em utilizar a tecnologia nos tratamentos estéticos também se estendem a uma continuidade das atividades diárias. O especialista lembra que há procedimento que não limita em nada a rotina pessoal, como é o caso da radiofrequência, carboxiterapia, bioplastia, botox, depilação a laser, criolipólise, lipoaspiração, massagem estética, peeling, velashape, entre tantos outros.

Entre os procedimentos mais procurados por quem deseja fazer as pazes com a estrutura corporal, o médico ressalta que a maior preocupação ainda é voltada para o rosto e também para as famosas e indesejadas gorduras localizadas. De acordo com Tokarski, atualmente, os tratamentos estéticos englobam todos os biótipos: desde os pacientes magros até aqueles com sobrepeso, flacidez ou manchas na pele podem receber tratamentos específicos, desde que recomendado e realizado por profissionais habilitados.

Entre as novidades para redução de gordura localizada, por exemplo, o dermatologista destaca o CoolSculpting, que contorna e modela o corpo ao congelar a gordura indesejada. O procedimento é feito em clínica onde, após definir a região do corpo, o profissional coloca uma manta de gel e um aplicador responsáveis pelo resfriamento controlado com precisão para atingir à gordura-alvo.Essas células adiposas tratadas são cristalizadas (congeladas), destruídas, e, com o tempo, o corpo processa naturalmente a gordura e elimina essas células mortas.

“O procedimento pode ser feito no abdômen, coxa, costas, barriga, papada, braços, pernas, entre outras regiões. A maioria dos pacientes pode retornar às suas atividades normais imediatamente após o procedimento e os resultados se tornam visíveis entre 2 e 6 meses, dependendo da área a ser tratado”, detalha Erasmo Tokarski.

Outra nova tecnologia que possibilita uma vasta gama de tratamentos faciais e corporais, nas mais diversas indicações estéticas é o Total Sculptor. O procedimento pode ser realizado para gordura localizada em qualquer parte do corpo, remodelação corporal, tratamento da flacidez de pele, rugas e marcas de expressão e outras finalidades.

Quando o assunto é o rejuvenescimento facial, o uso de lasers pode ser um aliado importante. Eles podem tratar e prevenir as lesões causadas pelo envelhecimento cronológico da pele. Tecnologias como o Liftera (procedimento com ultrassom microfocado), o Lavieen (procedimento de rejuvenescimento em pontos específicos da pele), os Fios de PDO (procedimento minimamente invasivo, onde o paciente fica acordado e recebe apenas uma anestesia no local onde será aplicado o fio. Os resultados são imediatos e a recuperação é rápida) são os mais utilizados no momento.

O médico ressalta ainda que há outras técnicas disponíveis no mercado para finalidades semelhantes. Contudo, tratamentos estéticos realizados por especialistas são sempre baseados em técnicas seguras, que possuem comprovação científica e são liberadas por autoridades nacionais de saúde. Por este motivo, é imprescindível a orientação do profissional adequado antes de realizar qualquer procedimento.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2021 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente