Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Mundo

Turquia ameaça invadir Síria para combater terror

Bartô Granja, Edição

A Turquia pretende lançar sua própria operação militar há muito prometida contra as forças curdas na Síria, a leste do rio Eufrates, se os Estados Unidos não cumprirem as condições de Ancara para uma zona segura disse neste sábado, 31, o presidente turco Recep Tayyip Erdogan.

“Se nossos militares não controlarem o leste do Eufrates, implementaremos nosso próprio plano de operação. Não temos muito tempo e paciência. Ninguém tente nos enganar usando o Estado Islâmico como desculpa “, disse o presidente turco na cerimônia de graduação de uma universidade militar em Istambul.

No início do mês, a Turquia e os Estados Unidos abriram um centro de controle conjunto para a zona-tampão em potencial, mas permanecem em desacordo com as especificidades das estruturas de forças que operarão na área.

A milícia principalmente curda das Unidades de Proteção do Povo (YPG) desempenhou um papel considerável na guerra da Síria, servindo como espinha dorsal das Forças Democráticas da Síria. A Turquia alega que o EI e a YPG são ramificações do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) e as trata como grupos terroristas.

Ancara luta contra a milícia curda na Síria há anos, apesar dos protestos de Damasco contra a presença da Turquia na Síria, que chama de ilegal.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente