Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Mundo

União Européia rejeita soberania de Israel em Golan

Foto/Sputniknews
Bartô Granja

A União Européia não mudou sua posição em relação às colinas de Golan e não reconhece a soberania israelense sobre o território ocupado, disse Maja Kocijancic, porta-voz do serviço diplomático da UE, em um comunicado divulgado nesta quarta-feira, 27.

“A posição da União Europeia no que diz respeito ao estatuto das Colinas de Golan não mudou. Em consonância com o direito internacional e as resoluções 242 e 497 do Conselho de Segurança da ONU, a União Europeia não reconhece a soberania israelense sobre as colinas ocupadas”, disse Kocijancic.

Na segunda-feira, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou uma ordem executiva reconhecendo formalmente a soberania de Israel sobre as Colinas de Golan, após seu encontro com o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, na Casa Branca.

A medida dos EUA, que é amplamente considerada benéfica não só para Israel, mas também para Netanyahu, que está concorrendo nas eleições parlamentares de 9 de abril, já foi condenada pela Rússia, Síria, Irã, Turquia e outros países. Aliados importantes dos EUA, como a França, a Alemanha e o Reino Unido, também se recusaram a apoiar a reviravolta dos EUA no Golan, que vai contra as resoluções do Conselho de Segurança da ONU.

Em 2018, a Assembléia Geral da ONU adotou uma resolução instando Israel a retirar imediatamente suas forças da área depois que o país organizou eleições locais na região em 30 de outubro.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente