Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasil

Urupema, onde frio reina, não vê traços de Covid

Bartô Granja, Edição

Nem tudo é verdade quando se diz que o frio atrai o novo coronavírus. Que o digam os moradores de Urupema, em Santa Catarina, uma das cidades mais frias do país. Incrustrada na serra catarinense, a cidade é uma das 295 do estado sem casos confirmados de Covid-19. E isso apesar de as autoridades sanitárias já terem registrado mais de mil mortes pela Covid.

Segundo o governo, além de Urupema, Barra Bonita, no Oeste, não tem casos confirmados de Covid-19. No entanto, na manhã de quarta-feira (29), a prefeitura de Barra Bonita divulgou uma nota informando que na terça (28) confirmou o primeiro caso na cidade, em um homem entre 50 e 60 anos que teve sintomas leves da doença e está em isolamento domiciliar. Este caso não foi contabilizado pelo Estado.

A Serra é uma das três regiões em situação grave por causa do coronavírus e a região de Barra Bonita, no Extremo-Oeste, é a única com alto risco por causa da doença. As outras 12 de 16 regiões de saúde catarinenses estão em situação gravíssima.

Após quatro meses desde o início da pandemia, ninguém dos quase 2,5 mil habitantes de Urupema foi diagnosticado com Covid-19, segundo a prefeitura e o governo estadual. Na cidade, quem apresenta sintomas de coronavírus é testado.

Em Urupema, há uma barreira de fiscalização sanitária funcionando desde março, onde a temperatura de todos que entram na cidade é medida e são dadas orientações sobre uso obrigatório de máscara na município, segundo a secretária municipal de Saúde, Tânia Guglielmi Borges. “Somos a cidade mais fria do país, sendo este um fator que pode aumentar a disseminação do vírus”, afirmou a secretária de Saúde.

Os locais públicos estão passando por desinfecção, em média, a cada 20 dias. Outras medidas também têm sido tomadas no atendimento na unidade de saúde da cidade, como separação das pessoas com sintomas gripais.

“Na segunda-feira dessa semana, nós testamos todos os nossos profissionais de saúde. Todos deram resultado negativo”, informou o médico de estratégia de saúde da cidade, Marcus Vinicius Costa Moreira.

Urupema é uma cidade turística, mas o acesso ao Morro das Torres, principal ponto turístico, está fechado. O fluxo de pessoas na cidade também está menor, pois o movimento no turismo baixou mais de 85% neste inverno na cidade. Outras cidades da região já reabriram os pontos turísticos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente