Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasil

Vacina e comércio aberto esquentam Dia das Mães

Carolina Paiva, Edição

Neste momento em que 15% da população brasileira se encontra imunizada com pelo menos a 1ª dose da vacina contra a Covid-19 e com o avanço da vacinação para idosos com menos de 65 anos em grande parte do país, os brasileiros se sentem mais encorajados a sair de casa e entusiasmados com a perspectiva de retomada de suas rotinas.

Esse sentimento de segurança deve contribuir positivamente para o aquecimento das compras de presentes para o Dia das Mães. Analistas da Kantar vislumbram um desempenho de vendas de FMCG (bens de consumo massivo) semelhante ao do ano passado ou ainda melhor, já que este ano, ao contrário de 2020, as lojas físicas estão abertas.

No ano passado, o valor das vendas de cosméticos e perfumes presenteados no Dia das Mães, registrou um crescimento de 19,4% versus 2019. Os destaques foram para compras de itens de R$ 50 a R$ 90.

“Estamos em um cenário similar ao do ano passado. Porém, com a vantagem da possibilidade de compra no comércio tradicional e a vacinação em andamento, esperamos que o desempenho de vendas dessas categorias seja melhor”, diz Carolina Silvestre, diretora de contas da divisão Worldpanel da Kantar.

De acordo com um levantamento feito por outra divisão da Kantar em 2020, a Insights, 74% dos brasileiros só se sentiriam seguros para voltar às suas atividades cotidianas do período pré-pandemia após a vacinação. O estudo revela que consumidores precisavam de evidências fortes e físicas de comportamento de prevenção para se sentirem seguros novamente.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2021 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente