Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasília

Vacinação contra gripe tem baixa procura e governo amplia prazo



A campanha de vacinação contra gripe atingiu um resultado muito abaixo do esperado: apenas 35,6% do público-alvo procurou os postos de saúde entre 23 de abril e 8 de maio. A meta de 80% também não foi atingida no restante do país e, por isso, o Ministério da Saúde prorrogou a imunização por período indeterminado, até que o índice seja alcançado.

No Distrito Federal foram aplicadas apenas 215 mil doses no período, das 603 mil disponíveis. No DF, a campanha começou com um dia de atraso em relação às outras unidades da federação. A Secretaria de Saúde alegou na época que as vacinas foram entregues em cima da horana quinta, impossibilitando a distribuição a tempo em todos os postos.

A vacina protege contra três subtipos do vírus da gripe: H1N1, H3N2 e influenza B. Interessados podem procurar as 108 salas de imunização, que ficam abertas todos os dias úteis, entre 8h e 11h30 e entre 13h30 e 17h. Não há previsão de estender a campanha na capital do país, apesar do atraso para começá-la.

No sábado, Dia D da campanha, os postos funcionarão das 8h às 17h para atender a população que tem dificuldade em comparecer aos postos nos dias úteis. É possível obter mais informações e agendar a imunização em domicílio de quem estiver acamado pelo Disque Saúde – 160.

Em 2013, o DF notificou 282 casos de síndrome respiratória aguda grave. Desses, 32 foram positivos para H1N1, seis para Influenza B e 11 para outros vírus respiratórios, incluindo Influenza A H3, Influenza B e VSR. O período de abril a julho foi o que concentrou maior número de casos confirmados. Além disso, foram sete mortes ao longo do ano.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente