Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Bizu

Valeu o esforço de Israel, mas os equipamentos não ajudam muito na busca de corpos

Foto/Reuters - ABr
Antônio Albuquerque

As 16 toneladas de equipamentos que os israelenses trouxeram para ajudar na busca de vítimas em Brumadinho, terão pouca ou nenhuma eficácia. Foi o que revelou o comandante das operações de resgate do Corpo de Bombeiros, tenente-coronel Eduardo Ângelo. “Não servem para esse tipo de desastre”, disse. E justificou: “O imagiador que eles têm pegam corpos quentes, e todos os corpos (que estão perdidos no meio da lama) são frios. Então esse já é um equipamento ineficiente.” Mas a ajuda é válida. Na pior das hipóteses, são mais 130 militares colaborando na operação de resgate.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente