Curta nossa página


Vasco bate América fora, acaba com jejum e volta ao G-4

Publicado

Autor/Imagem:


Ainda sem o novo treinador Joel Santana, o Vasco venceu o América-MG por 3 a 2 na tarde deste sábado, no Independência, pela 20ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, e interrompeu uma sequência de cinco partidas sem vitórias, que chegou a custar o cargo do técnico Adilson Batista no final da semana passada.

Com esse resultado, o Vasco retornou ao G4 da Série B, com 35 pontos e na quarta posição. Já o América-MG caiu para a sexta posição com seus 33 pontos. O líder da Série B é o Joinville, que soma 36 nas primeiras 20 rodadas da competição.

O Vasco começou a partida tomando um susto logo cedo. Antes mesmo de completar 2min de jogo, o América-MG mostrou que estava esperto e abriu o placar com jogada de velocidade de Renan Oliveira, que tocou bem para Willians bater para o fundo da rede. Pouco depois, foi a vez de Renan Oliveira acertar o travessão de Diogo Silva.

O começo ruim deixou o Vasco abalado e o time demorou a se encontrar na partida. A sorte do Cruzmaltino, no entanto, foi a falha da defesa do América-MG aos 13min, quando Diego Renan bateu mal de longe, mas Obina tentou cortar e acabou levantando na medida para Douglas Silva cabecear no canto esquerdo do goleiro Fernando Leal. Era o empate dos cariocas.

Mais confiante, o Vasco passou a tomar conta do jogo no Independência. Com um grande domínio, o Cruzmaltino conseguiria a virada logo aos 23min, com Thalles após disputa na área do time mineiro. Ao América-MG restava seguir apostando nos contragolpes, mesmo jogando em casa e em desvantagem no marcador.

Ainda assim, o América iria para o intervalo com o empate no placar. Tudo porque Obina aproveitou lançamento aos 41min, driblou Diogo Silva e conseguiu o segundo gol para o time da casa. O atacante ex-Flamengo ainda teria a chance de virar aos 44min, mas desperdiçou.

O jogo continuou quente no segundo tempo, mas os ataques se mostravam menos efetivos na hora de balançarem as redes. Aos 20min, Rafael Silva acertou a trave para o Vasco e desperdiçou boa chance. O Vasco, inclusive, era muito melhor na segunda etapa. Aos 31min, Fernando Leal fez bela defesa em arremate de Thalles e salvou o América-MG do terceiro. Ele, no entanto, não poderia fazer nada aos 35min do segundo tempo, quando Rodrigo deixou o time carioca novamente na dianteira do placar.

Após o terceiro gol do Vasco, o América-MG tentou uma reação nos últimos minutos, mas se mostrou pouco eficiente no ataque. O Cruzmaltino, por sua vez, procurou administrar o resultado, o que fez com sucesso até o apito final do árbitro Alinor Silva da Paixão.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2023 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.