Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Mundo

Venezuela se veste de vermelho contra sanções de Trump

Bartô Granja, Edição

Milhares de simpatizantes do presidente venezuelano, Nicolas Maduro, tomaram as ruas de Caracas na quarta-feira, denunciando a decisão de Washington de bloquear todos os ativos financeiros do governo venezuelano nos Estados Unidos.

Os manifestantes vestidos de vermelho e agitando as bandeiras com o tricolor da Venezuela, reuniram-se no centro da capital venezuelana.

“Yankee Go Home”, “Hands Off Venezuela”, foi escrito nos cartazes que os manifestantes estavam segurando.

Mais cedo, Nicolas Maduro expressou a esperança de que Caracas pudesse relançar o diálogo com Washington e construir um novo tipo de relação com os Estados Unidos.

A Venezuela está em um estado de profunda crise política, que tomou outro rumo em janeiro, depois que o líder da oposição, Juan Guaido, apoiado pelos EUA, proclamou-se ilegalmente presidente interino. Os Estados Unidos, assim como a União Européia, impuseram sanções à Venezuela e congelaram seus ativos.

Rússia, China, Cuba, Bolívia, Turquia e vários outros países enfatizaram que reconhecem Maduro eleito constitucionalmente como o único presidente legítimo da Venezuela, pedindo o diálogo. Maduro chamou Guaido de fantoche dos EUA e acusou Washington de orquestrar uma mudança de governo para reivindicar os recursos naturais venezuelanos.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente