Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Esportes

Vettel começa na frente no primeiro treino do GP Mil

Foto/Reuters - EstadãoConteúdo
Mário Camargo

Sebastian Vettel, piloto da Ferrari, foi o mais rápido no primeiro treino livre para o Grande Prêmio da China, que marca a corrida de número 1000 da Fórmula 1.

O alemão superou a Mercedes de Lewis Hamilton em 0,207s usando os pneus amarelos médios – a Mercedes optou pelos macios durante toda a primeira sessão em Xangai. Charles Leclerc, da Ferrari, terminou em terceiro.

Max Verstappen levou suaa Red Bull para a quarta posição, à frente de Valtteri Bottas (Mercedes), enquanto seu companheiro de equipe Pierre Gasly foi o sétimo colocado.

Antonio Giovinazzi não conseguiu cronometrar uma volta durante a sessão, depois que a Alfa Romeo descobriu um problema em sua unidade de potência e passou os 90 minutos analisando o C38 do italiano.

Daniel Ricciardo inaugurou o pelotão intermediário na sexta posição, à frente de Gasly – que ainda não encontrou o ritmo com o RB15 – enquanto seu companheiro na Renault, Nico Hulkenberg, terminou na P12.

O chamado pelotão intermediário, incluindo o francês Gasly, esteve separado por pouco mais de meio segundo – Ricciardo fez 1:35.239s na P6 enquanto Sergio Perez (Racing Point) fez 1:35.820 na P17 – reforçando a disputa apertada que devemos presenciar em Xangai na madrugada deste domingo.

Daniil Kvyat terminou em oitavo com a Toro Rosso, seguido por Lance Stroll em nono. O canadense rodou no início da sessão, reclamando da temperatura de seus pneus traseiros.

Romain Grosjean completou os dez melhores para a Haas, apenas 0,010s à frente de seu companheiro de equipe Kevin Magnussen.

Lando Norris foi o 13º na McLaren, superando Carlos Sainz em 16º, com Alexander Albon (Toro Rosso) e Kimi Raikkonen (Alfa Romeo) intercalando as duas McLaren.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente