Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Saúde

Você convive com a síndrome de aniversário?

Amanda Magliaro Prieto

Você já presenciou algum momento em que o nascimento de uma criança da sua família aconteceu no mesmo dia ou próximo do aniversário da morte de outra pessoa? Existe uma semana ou algum dia específico no ano que sempre te acontece algo bom ou representa uma mudança? Se sim, você já vivenciou a síndrome do aniversário que, apesar do nome, ela não tem nada a ver com aniversário, e sim com datas repetidas.

Quem faz terapia está mais do que ciente do modo que o nosso inconsciente trabalha mais do que imaginamos, e é aqui que se esconde o segredo. Segundo a síndrome do aniversário, esses acontecimentos passados acompanhados de grande dor que no futuro ou presente são “substituídos” por um acontecimento feliz, ou diferente, é um sinal do nosso inconsciente de que precisamos tratar de alguma questão que estamos deixando de lado.

Numa família de histórico alcoólico, por exemplo, é comum que muitos indivíduos que sofram desse vício acabem morrendo em datas ou idades próximas, e, sim, apesar disso ser uma consequência de seus atos, ao fazer uma análise das datas ou idades relevantes dessa família, é possível observar tais “coincidências” que nada mais são do que sinais de que algo precisa ser trabalhado: o vício, óbvio, mas tudo o que está relacionado com a sua causa, seja uma depressão ou traumas do passado.

Outro exemplo, já mencionado, é o nascimento de uma criança na mesma época da morte de um ente querido do passado. Isso pode ser um sinal de que com essa criança você tenha que lidar com um assunto ou questão não acabada com o então já falecido. Isso não quer dizer que a criança seja uma reencarnação de quem faleceu, mas simplesmente que ela pode te trazer questões semelhantes a serem abordadas através do convívio.

Se tiver interesse em saber se a síndrome do aniversário está acontecendo em sua vida, faça uma lista de todos os acontecimentos importantes da sua família, bem como o registro das idades, e procure padrões. Assim, você poderá encontrar essas “coincidências”, e terá tempo para pensar sobre a reflexão que seu inconsciente está te propondo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2021 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente