Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Veículos

Z400 chega mais leve, mais rápida e mais charmosa

Mário Camargo, Edição

A tão esperada Z400 da Kawasaki já está rodando por aí. Seu teste de apresentação foi em Interlagos. A ‘máquina’ sobre duas rodas substituiu a Z300. O modelo custa R$ 22.990 e se apresenta nas cores verde “Kawasaki” (Candy Lime Green) e vinho (Candy Cardinal Red). Aceleramos a nova Kawasaki Ninja 400.

A nova geração da moto está melhor e mais divertida. A principal alteração está no motor, que cresceu de 299 cm³ para 399 cm³. Com isso, a potência e o torque aumentaram em 23% e 40%, respectivamente.

Isso significa 48 cv a 10 mil rpm e 3,9 mkgf a 8 mil rpm contra os 39 cv a 11 mil rpm e 2,8 mkgf a 10 mil da Z300. Esse novo conjunto de 48 cv é o mesmo que equipa sua contraparte carenada, a Ninja 400 que custa R$ 23.990. O câmbio é de seis marchas com engates fáceis.

Entre as mudanças técnicas da sucessora da Z300, estão 3 kg a menos que antecessora. Isso foi conquistado graças a mudanças no chassi e no motor. O coletor de admissão ficou mais curto, e permitiu liberar espaço sob o banco.

Para o motor render mais, não foi apenas crescer em capacidade cúbica, mas também adotar uma caixa de ar maior. Foi de 4,7 litros na Z300 para 5,8 l agora. Isso garante que o dois-cilindros “respire” mais e melhor, para garantir uma melhor queima da mistura ar-combustível.

Além disso, na redução de peso, a Kawasaki contou com a eliminação de válvulas de aceleração secundárias e com árvore de comando forjada. O sistema de escape tem uma curva mais simples, na prática isso garante que os gases sejam eliminados mais rápidos, da exaustão, deixando o motor girar mais liso. O conjunto também é mais fino. Por fim, o sistema de embreagem mais leve.

No visual, a linha é equivalente ao que se encontra nas irmãs maiores Z900 e Z1000. Muitos chanfros e agressividade em cada detalhe, o que conquista quem vê a moto, especialmente na cor verde. De série, ela traz faróis e luzes traseiras de LEDs. O painel é diferente da Ninja 400, mais compacto e ficou mais difícil de visualizar, já que tudo está mais compactado em um conjunto menor.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente