Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasília

Ziquizira na saúde; até rato está matando gente

Foto/Reprodução
Carolina Piva, Edição

Brasília, capital da República, vai de mal a pior na Vigilância Sanitária e, na carona, a própria área da saúde pública. O quadro é tão precário que uma pessoa morreu vítima de leptospirose, doença provocada pela urina do rato. O paciente trabalhava na Asa Norte. O governo não revelou a idade nem o nome do homem.

Nos três primeiros meses deste ano foram registrados seis casos da doença. Esta é a primeira morte. Em todo o ano passado, foram sete casos, com quatro mortes. Em 2017, dos sete casos registrados, uma pessoa morreu.

A leptospirose é comum em rincões de pobreza, notadamente em cidades ribeirinhas. Os principais sintomas da doença são febre, dor de cabeça, dores pelo corpo, principalmente nas panturrilhas (batata-da-perna), podendo também ocorrer vômitos, diarreia e tosse.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente