Rover apresenta Velar; é para quem tem 280 mil reais

Carolina Paiva, Edição

A Land Rover mostrou em detalhes o novo Range Rover Velar, que vai ocupar a lacuna entre o Evoque e o Sport na gama de luxo inglesa. Apesar de muito semelhante ao modelo maior, o Velar tem dimensões ligeiramente mais enxutas e compartilha plataforma e motores com o Jaguar F-Pace.

O desenho tem perfil mais esportivo que o do próprio Sport, com capô longo e linha de cintura alta, deixando as janelas ligeiramente menores. A coluna traseira larga e a terceira janela pequena marcam a diferença para os Range Rover Sport e Vogue, que têm área envidraçada bem maior. Segundo a marca, o Velar tem entre-eixos de 2,87 metros, igual ao do F-Pace e menor que os 2,92 metros do Range Rover Sport.

Dentro, a preocupação com o estilo segue a cartilha do exterior. Duas telas de 10 polegadas dominam o console central e comandam todos os sistemas do carro. A de cima traz o sistema multimídia, enquanto a inferior controla o ar-condicionado automático e substitui os tradicionais botões físicos para seu acionamento. À frente do motorista, outra tela exibe as informações de velocímetro, conta-giros e computador de bordo.

O acabamento promete ser de primeira qualidade, como nos outros modelos da marca, com bancos com ajustes elétricos e muito couro nos revestimentos da cabine.

A gama de motores começa no 2.0 diesel de 180 cv e vai até o 3.0 V6 Supercharged a gasolina de 380 cv. Há ainda versões com um 2.0 turbo a gasolina de 250 cv. A tração é integral em todas as versões, comandada pelo sistema Terrain Response, que adapta as respostas do carro de acordo com o terreno.

O modelo também terá itens de segurança ativa, como deteção de pedestres com frenagem automática e controle de cruzeiro adaptativo.

Nos Estados Unidos, os preços partirão da casa dos US$ 58 mil (R$ 180 mil em conversão direta) para o 2.0 diesel e vão até os US$ 90 mil (R$ 280 mil) das versões mais caras, com o V6 de 380 cv. Ainda não há data para a chegada do modelo ao Brasil.