Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Mulher

Acusada de racismo, Dove pede desculpas por propaganda

Foto: Reprodução/Twitter


A marca de cosméticos Dove, propriedade da gigante holandesa Unilever, pediu desculpas após a difusão online de um anúncio que ganhou inúmeras acusações de racismo.

“Em uma imagem publicada esta semana, erramos ao representar as mulheres de cor, e lamentamos profundamente os danos causados”, declarou a marca em uma mensagem publicada nas redes sociais Facebook e Twitter.

Na propaganda em questão, um anúncio de três segundos para um sabonete líquido, uma mulher negra tira uma camiseta para revelar uma mulher branca, que remove sua camiseta e revela uma terceira mulher.

O vídeo, originalmente transmitido na página Facebook da Dove Estados Unidos e que foi tirado do ar, foi amplamente denunciado pelos internautas em todo o mundo.

A hastag #BoycottDove era amplamente replicada na rede social na manhã desta segunda-feira. Na Bolsa de Valores de Londres, às 07h30 GMT (4h30 de Brasília), o preço da ação da Unilever caia ligeiramente 0,39% em um mercado estável.

Em 2013, uma marca de cosméticos da gigante Unilever teve que se desculpar após a polêmica criada por um concurso na Tailândia em torno de um produto para clareamento da pele.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente