Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasília

Agnelo quer leite da vaquinha de Genoíno; e Dilma chuta o balde



O governo do Distrito Federal afirmou que vai fiscalizar os doadores da vaquinha promovida pela família de José Genoíno, condenado no julgamento do mensalão, para apurar se os domiciliados em Brasília devem impostos ao cofre local.

A campanha promovida pela família do ex-presidente do PT arrecadou mais de R$ 700 mil para quitar a multa, aplicada pela Justiça, por sua condenação no processo do mensalão. O valor supera os R$ 667,5 mil cobrados.

Segundo o secretário de Fazenda, Adonias Santiago, só pode ser autuado pelo governo do DF os doadores que moram na cidade. Por isso, o primeiro passo é identificar todos os doadores de Genoíno e verificar quais são domiciliados em Brasília. Essa foi a reportagem da Folha de São Paulo.

A notícia caiu como uma bomba na esfera federal. A presidente Dilma Rousseff não gostou nada dessa história. A Secretaria de Fazenda do DF investigar o dinheiro doado pela internet ao mensaleiro José Genoíno é o cúmulo para a presidente. Esse fato pegou muito mal para o governador Agnelo Queiroz dentro do PT nacional, que está protegendo os mensaleiros a todo custo e vê o governador do seu partido dando munição para a oposição e a mídia.

Para o Palácio do Planalto, o governador Agnelo, na atualidade já é considerado o maior cabo eleitoral do ex-governador José Roberto Arruda, que lidera as pesquisas de intenção de votos. O PT nacional não quer Arruda reinando por aqui.

Mas a verdade é que o “Novo Caminho” de Agnelo Queiroz não mostrou nada de novo para a população de Brasília. O atual governador só completou as obras deixadas por Arruda. Com isso, aumentou a popularidade do “careca.” A sua má administração e sucessão de escândalos é o maior motor de arranque do ex-governador José Roberto Arruda e de outros pré-candidatos que querem subir a rampa do Palácio do Burti.

Odir Ribeiro, Guardian Notícias

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2021 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente