Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasília

Amigos pedem paz e solução para o caso do sumiço da professora



Amigos e familiares da professora Márcia Regina Lopes, desaparecida desde o dia 9 de março, participaram neste domingo (23) de uma manifestação no Parque da Cidade. O grupo pediu paz nas ruas e cobrou da polícia uma solução para o caso.

“Foi um manifesto pacífico e ordeiro. Também foi simbólico, porque hoje é o dia que completam duas semanas que minha irmã desapareceu”, disse o irmão caçula da professora, Ézio Tadeu Lopes. “

O manifesto é uma forma de nos mantermos vigilante. É uma forma de pedirmos que as investigações prossigam da forma que está sendo feita pela polícia.”

A professora, de 56 anos, trabalha em um colégio particular do Sudoeste e mora com o namorado em Águas Claras.

O desaparecimento foi registrado na 21ª DP, em Taguatinga, dois dias depois do desaparecimento. O caso, porém, está sendo investigado pela Divisão de Repressão a Sequestro (DRS) da Polícia Civil.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2021 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente