Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasil

Aperte o cinto, corte os gastos (inflação pode variar até 8%)



A inflação deve ficar em 7,5% podendo mesmo atingir 8% nos próximos 12 meses, segundo expectativa dos consumidores medida pela Fundação Getulio Vargas (FGV) em novembro.

O Indicador de Expectativa de Inflação dos Consumidores repetiu desta vez o mesmo percentual apontado em outubro. Analistas de mercado sugerem que a hora é de conter gastos.

O indicador também manteve-se no intervalo entre 7,2% e 7,5% que vem sendo registrado desde abril deste ano. Na média móvel trimestral, o indicador ficou em 7,4% em novembro, acima dos 7,3% observados no mês anterior.

Segundo o economista da FGV Pedro Costa Ferreira, o indicador está em tendência de alta porque, apesar de ter mantido a média de 7,5% entre outubro e novembro, o número de entrevistados que esperam uma inflação maior do que 7% aumentou, enquanto aqueles que esperam inflação menor do que 7% diminuiu.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente