Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Avião desaparece rumo à Argélia com 116 pessoas a bordo

Publicado

Foto/Imagem:


A Air Algérie anunciou nesta quinta-feira (24) ter perdido contato com um de seus aviões 50 minutos depois de ter decolado de Uagadugu, capital de Burkina Faso.

“Os serviços de navegação aérea perderam o contato com um avião da Air Algérie que voava nesta quinta-feira de Uagadugu a Argel, 50 minutos após a decolagem”, anunciou a companhia pública argelina, citada pela agência APS, segundo a France Presse.

“A Air Algérie informa que os serviços de navegação aérea tiveram o último contato com o voo AH 5017, que cobre o trajeto entre Uagadugu e Argel, neste dia 24 de julho a 1h55 GMT [22h55 de quarta em Brasília], 50 minutos após a decolagem”, afirmou a companhia, que acrescentou ter colocado em prática um “plano de emergência”.

Segundo a empresa privada de aviação espanhola Swiftair, que aluga algumas de suas aeronaves para a Air Algerie, o avião levava 110 passageiros e seis tripulantes, informou a Reuters.

Um official do governo da Argélia disse que o último contato das autoridades do país com o avião ocorreu quando ele estava sobre Gao, no Mali.

O ministro dos Transportes de Burkina Faso disse que o voo pediu para fazer uma alteração na rota a 1h38 GMT (22h38 de quarta em Brasília) devido a uma tempestade.

O Ministério dos Transportes da França disse que é “provável” que houvesse muitos passageiros franceses no avião. “Havia provavelmente franceses a bordo, e se havia franceses, certamente eram vários”, disse o ministro Frederic Cuvillier. Um representante da Air Argelie em Burkina Faso disse que a lista de passageiros inclui 50 franceses.

A empresa publicou em seu site que a aeronave decolou de Burkina Faso a 1h17 locais (22h17 de quarta-feira em Brasília) e deveria pousar na Argélia às 5h10 locais (1h10 de Brasília), mas nunca chegou ao seu destino. Segundo a empresa, o avião é um McDonnell Douglas MD-83.

Segundo o site da Air Algérie, a companhia realiza quatro voos por semana no trecho no qual o avião desapareceu.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade