Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Bandido tenta assaltar policial do Bope na Barra e acaba morto

Publicado

Foto/Imagem:


Após tentar assaltar banhistas, Leandro Santos da Silva, de 20 anos, foi morto, no início da tarde deste sábado, por um policial militar do Bope, no calçadão da praia da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. De acordo com a Divisão de Homicídios, que investiga o caso, o jovem tinha acabado de assaltar o PM e seu grupo de amigos que almoçavam no quiosque Ponto Certo, altura do posto 5. Houve pânico e correria.

“Leandro anunciou o assalto no quiosque por volta das 13h30m. Ele recolheu os cordões, dinheiro e celulares de todo o grupo. Durante o crime, ele teria apontado uma pistola para um dos amigos do PM que estava no local. O agente acabou reagindo, em legítima defesa”, contou o delegado da DH, Daniel Rosa.

O assaltante foi atingido por cinco tiros e morreu na hora. De acordo com o delegado, Leandro já era conhecido pelos frequentadores da praia, que contam que uma moto dava suporte aos crimes cometidos.

“Ele estava praticando esses assaltos desde novembro, sempre nos quiosques. Já assaltou desembargador, delegado e policial. Dessa vez ele não escapou”, desabafou um morador que preferiu não se identificar.

A tia do rapaz, que esteve na delegacia e preferiu não se identificar, contou que Leandro era um menino calmo e nunca aparentou nenhum envolvimento com o crime.

“Nós estamos todos em estado de choque. Quando recebi a ligação de um amigo dele não acreditei. Nunca desconfiamos de nada porque a mãe dele sempre deu tudo para ele e os irmãos. Ela dá um duro danado vendendo coco na praia de Copacabana todos os dias. Sai de casa às 6h e só volta à noite. Sempre pensando nos filhos e fazendo tudo por eles. Está realmente difícil de acreditar”, desabafou ela, emocionada.

 

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade